Hoje (23) Birdy esteve na BBC Radio 1 para cantar "Wings (versão acústica)" que está atualmente no top 10 iTunes UK e um cover maravilhoso de "Firestone" de Kygo no Live Lounge.
Birdy falou também que esta gravando seu 3º álbum, o lançamento esta previsto para o final de 2015. Ao perguntarem sobre seu dueto com Rhodes, Birdy disse que ama a voz dele e sua música, e confirmou que o um video-clipe de "Let It All Go" ja foi gravado!!!!!!

Confira o cover de Firestone:





Birdy hoje (23) na BBC Studios, Inglaterra 












Wings (versão acústica):



Birdy faz cover de Firestone e fala sobre seu novo álbum

0 comentários



Depois de viajar juntos para Edimburgo, foi confirmado hoje que Rhodes e Birdy estavam trabalhando no vídeo de "Let It All Go". 

Katie Connelly (maquiadora e estilista) e Johnny LeVan-Gilroy (gerente de artista) estavam com eles. A filmagem terminou hoje porque Rhodes tem um show amanhã na Suíça (Blue Balls Festival) e Birdy cantará na BBC Radio 1.

Além disso, não há informações sobre o diretor do vídeo ou uma data de lançamento para ele. 


Fonte: instagram.com/rhodesmusic.fan e João Simão

Sim pessoal, vai ter vídeo novo para "Let It All Go", o que a Mahogany lançou pelo que parece é uma versão acústica, esse novo vídeo vai constar a música original. Além disso, Birdy vai estar no Live Lounge da BBC Radio 1 ás 14:00h  horário de Brasilia, não perca, será amanhã (23).
        
 Link da BBC Radio 1


Birdy já esteve na Live Lounge, com um cover de Passenger, confira:

Novo video para Let It All Go e Live Lounge na BBC Radio1

0 comentários
SAIUUUUUU!


Birdy escreveu "Let It All Go" com Rhodes, e até onde sabemos essa música constará apenas no álbum dele, essa é uma versão acústica.  
Fiquem ligados em nossas redes sociais, mais noticias em breve.

Confira: 


O que acharam da música? Ela nunca decepciona!!! 


Escute "Let It All Go" com Rhodes

0 comentários

Versão acústica de Wings bomba na Inglaterra


Lloyds é um banco Inglês que completou 250 anos, e eles laçaram esse comercial para celebrar seu aniversário, com a musica Wings versão acústico de fundo, que passou em toda a Inglaterra.
O comercial repercutiu tanto que Birdy foi uma das cantoras mais procuradas no iTunes e no aplicativo Shazam.

Ela ficou sabendo de todo esse feedback dos fãs, e anunciou em seu Facebook que soltou uma versão no iTunes de Wings acústico.

"Obrigado por todos comentários lindos sobre a música! Por causa de todo amor de "Wings Acoustic" fizemos esta versão disponível no iTunes para vocês hoje".


Comercial:



A versão acústica de Wings foi lançada no Youtube em 2013:

Versão acústica de Wings bomba na Inglaterra.

1 comentários

Na entrevista com Mia Le Journal, Birdy falou sobre seu novo álbum e muito mais, confira:

"Amar é tanta coisa e existem muitas formas de amar, o jeito que você ama sua família, o jeito que você ama seus amigos, seu primeiro amor, seu amor pela musica, e eu exploro essas diferentes formas de amar nas minhas músicas" Birdy


MIA - Em 2011 você tinha apenas 15 anos quando seu cover de "Skinny Love" te revelou para o mundo. Seu primeiro álbum tem um trabalho sensacional marcado com profundas harmonias e aderências das musicas que você reinterpretou com sua própria marca pessoal - em outras palavras "intimidades". Nós somos incompletos aos 15 anos - a chave para a compreensão da realidade deriva de empatia e não só experiência: Isso era um limite ou uma vantagem em seu trabalho de reinterpretação?

BIRDY - Eu nunca achei que minha idade era um limite no meu espaço musical. Eu aprecio que as pessoas acham difícil que eu posso entender as emoções complexas e o significado de algumas canções como "Skinny Love" e "I'll Never Forget You" do meu primeiro álbum, mas não acredito que a empatia tenha uma "idade". Eu leio e escuto as palavras das músicas e expresso musicalmente como me sinto sobre elas, é como eu crio meus arranjos das músicas e eu suponho que é o que as tornam únicas para mim. Eu ouvi muitas vezes que as pessoas falam da intimidade das músicas do meu primeiro álbum, e eu acho que talvez isso veio de como eu interajo com meu piano, e como eu me sinto quando eu toco, me leva para um lugar completamente diferente.


MIA - Eu não acho que seria errado defini-la como cantora ou artista íntimo. O que é intimidade para você? O espaço em que vamos explorar a concordar com a nossa verdadeira natureza, ou em que olhamos para o relacionamento correto com os sentimentos que nos unem uns aos outros? O que vamos ganhar com esta pesquisa - Será que ela pode nos ajudar a abandonar nossos instintos ou tentar distingui-los e formar desejos? "Fire Within" foi o seu segundo disco, e você, pessoalmente, escreveu todas as músicas nele, eu acredito que com aquelas músicas que você narrou, entre outras coisas, a importância desta distinção.


BIRDY - Sou cantora, mas primeiro sou compositora. Escrever musicas e compartilhar pensamentos privados, sentimentos e emoções em minhas canções com o mundo, é certamente uma coisa muito intima, e isso te expõe ao mesmo tempo. Eu estou escrevendo para meu terceiro álbum e me sinto em um lugar muito diferente da minha vida comparando com quando escrevi as do Fire Within, estou aprendendo muito sobre mim mesma todos os dias e espero que as pessoas escutem isso em minhas canções.  


MIA - Em "All You Never Say" do álbum Fire Within, você fala sobre um amor que desapareceu por causa de muitas investigações, muitas perguntas. Talvez, essa é uma das tragédias do nosso tempo: acreditar que tudo tem de ser investigado. O amor não pode ser explicado - você acredita que seja esse o motivo para apenas alguns acreditar nisso? Você canta - "Você está incerto ou apenas com medo de baixar a guarda"? Alguém deve estar disposto a perder o controle do amor?


BIRDY - Amar é tanta coisa e existem muitas formas de amar, o jeito que você ama sua família, o jeito que você ama seus amigos, seu primeiro amor, seu amor pela musica, e eu exploro essas diferentes formas de amar nas minhas músicas. Respondendo sua pergunta sobre "All You Never Say" especificamente, essa música é sobre não ser vulnerável, não abrir completamente seu coração para alguém. Você tem que se perder e confiar plenamente para realmente estar apaixonado.
Eu suponho que estar apaixonado é: você se apaixona tanto por algo assustador ou algo bonito na mesma medida.


MIA -  Qual é a sua relação com seu corpo, e o fato de você o expor constantemente por causa da sua fama desde de muito nova? A forma introvertida que transparece em suas canções, é uma forma de defesa para esta situação? 

BIRDY - Eu estive no palco desde de muito nova, mas sempre expus minha voz  mais do que meu corpo. Diferentes artistas se expõem/expressam de diferentes maneiras, e para alguns a sexualidade é parte de sua própria imagem, o que pode ser uma coisa maravilhosa, mas pra mim, sempre vou me expressar através de minhas musicas, que é onde me sinto mais confiante comigo mesma. 

"Sou cantora, mas primeiro sou compositora. Escrever musicas e compartilhar pensamentos privados, sentimentos e emoções em minhas canções com o mundo, é certamente uma coisa muito intima, e isso te expõe ao mesmo tempo"  - Birdy


Fotos: http://jasminevandenbogaerdes.tumblr.com/



Entrevista especial com Birdy, por Mia Le Journal.

0 comentários
Birdy no lançamento da revista Mia Le Journal edição Nº 2. 

Birdy autografou as revistas das primeiras 100 pessoas que compareceram no evento, tirou fotos e recebeu muitos presentes!
O evento aconteceu em Londres, 15 de Junho.
Confira as fotos: 



















Créditos: Birdy Phillipines, Mia Le Journal.

Lançamento da Mia Le Journal

0 comentários